Destaques

Cássio governador com os REPUBLICANOS! será? – Por Rui Galdino

0

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A política paraibana está de vaca desconhecer bezerro com touro e tudo. Todos os dias surgem novidades e o moído nos bastidores é grande! Com informações privilegiadas e quentes, a cada artigo que o galdinista escreve, os estoques de lexotan se acabam nas farmácias de nosso estado, inclusive, me informaram que já tem gente comprando ansiolíticos nos estados vizinhos e outras pessoas armazenando em casa. Já pensou? Como diz o radialista Fabiano Gomes: “Ô PARAÍBA BOA”!

Mas meus amigos e caros leitores, eu já disse que em política não existe espaço vazio. Pois bem, com os recentes e graves atritos entre REPUBLICANOS e PROGRESSISTAS, tudo leva a crer, que os REPUBLICANOS irão deixar a base política do governo de João Azevedo e migrarem de mala e cuia para apoiar o candidato a governador do PSDB, que hoje é o jovem deputado federal Pedro Cunha Lima. Inclusive, os deputados Pedro e Ruy, já disseram publicamente que a oposição está de braços abertos para receber os REPUBLICANOS. Esse é o jogo político, pois, na Paraíba só existe dois lados, o do cordão encarnado e o lado do cordão azul, assim sendo, quem não estiver de um lado, estará do outro, o resto é firula, ou seja, uma terceira via sempre foi muito difícil emplacar.

A novidade é que fiquei sabendo ontem, por um passarinho de bico grande, que já está acontecendo conversas muito reservadas entre PSDB e REPUBLICANOS, no sentido de uma união política estadual, pois, ambos já têm um pré-candidato a senador em comum, que é o jovem deputado federal Efraim Filho (UB), o foguete, que está a mil por hora e atraindo mais apoios a cada dia! Me disseram também, que Romero Rodrigues e Ruy Carneiro, estão prestes a retirar o apoio ao pré-candidato a senador Bruno Roberto (PL) e anunciar os seus respectivos apoios a Efraim (UB), para senador. Minha nossa, é um vai e vem sem fim. Como dizia o saudoso baiano Antônio Carlos Magalhães: “a ocasião faz o aliado”!

Como na política tudo tem uma complicação para apimentar a festa e torná-la mais interessante, fiquei sabendo ainda, que os REPUBLICANOS já disseram que estão dispostos a seguir com o PSDB, porém, com uma condição: SE TROCAREM O FILHO PELO PAI… Isso mesmo! Já pensou o moído que vai dar? Digo isso, pois Pedro, é um menino genioso e um “galo de campina” mais arrojado que o pai, com isso, vai ser muito difícil abrir a vaga de pré-candidato a governador para Cássio, seu pai!!! Isso mesmo, o galdinista acha que Pedro não abre, mas como em política eu já vi até boi voar, tudo é possível, inclusive, nada!

Outro fato que me chama a atenção, é que o jovem Pedro, retorna hoje, após uma licença de quatro meses, para o seu mandato na Câmara Federal em Brasília. Tudo bem, porém, um pouco estranho, uma vez que o normal para qualquer pré-candidato, principalmente, quem deseja disputar o governo do estado, seria se afastar das atividades parlamentares e se dedicar de corpo e alma à campanha política que se aproxima. E Pedro, está fazendo exatamente o inverso. Então, isso pode ser um sinal que ele poderá ser substituído pelo pai, como deseja os REPUBLICANOS.

Na verdade, o ex-governador Cássio Cunha Lima, está no estaleiro e anda dizendo que não será candidato a nada e que o candidato ao governo, é seu filho Pedro, porém, é fato, que o jovem Pedro com seu discurso ainda insosso, não está empolgando o eleitorado. Um deputado me confidenciou, que a pré-campanha de Pedro, mas parece uma campanha de vereador de pequeno interior. Já pensou? Também, temos que reconhecer, que mesmo no estaleiro, Cássio, ainda é a maior liderança política do grupo CUNHA LIMA, e indubitavelmente, tem muito mais potencial de votos e de arregimentação eleitoral do que seu filho Pedro. Isso são fatos, no entanto, entendo como absolutamente desnecessário, tirar o jovem Pedro da jogada, pois, o correto seria animar o menino, ajudar a melhorar o seu discurso, a sua performance e ações e ir para a luta, com Cássio e companhia ao seu lado!

Na verdade, Cássio é o grande cabo eleitoral de Pedro, respeito a sua liderança, mas acho que Pedro, devidamente orientado e polido, tem tudo para crescer na campanha e até surpreender. Sou um defensor da renovação de pessoas, estilos e práticas na atividade política, mesmo que essas pessoas sejam da mesma família. O galdinista respeita a liderança de Cássio, porém, torce pela presença de Pedro no campeonato.

Tirar Pedro a essa altura do jogo, é criar um problema desnecessário, mas, se o filho resolver abrir para o pai, tudo bem, isso é uma questão de economia interna deles. Assim sendo e o filho abrindo para o pai, deveremos ter em breve a seguinte formação de chapa: Cássio Cunha Lima (PSDB), para governador; Adriano Galdino (REPUBLICANOS), para vice-governador; Efraim Filho (UB), para senador; Raimundo Lira (REPUBLICANOS), 1º suplente de senador e Dalton Gadelha (PSC), 2º suplente de senador. Já pensou o quanto a política é dinâmica? Será que Cássio vem aí mesmo? Vamos aguardar os acontecimentos… Haja coração!

Por Rui Galdino

Edvaldo

HOMOFOBIA: mulher é agredida e xingada após beijar namorada em bar – VEJA VÍDEO

Previous article

Justiça decreta prisão preventiva de homem que espancou procuradora

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Destaques