Polêmica

Apresentadora pede desculpas ao vivo em programa da Globo após acusação de racismo

0

Talitha Morete voltou a falar sobre a polêmica envolvendo seu nome no ‘É de Casa’, da TV Globo, na manhã deste sábado. A apresentadora, que foi acusada de racismo estrutural pelos internautas após pedir para a doceira Silene servir uma bandeja repleta de cocadas para as pessoas do estúdio, no programa do último sábado, dia 11, se desculpou com os telespectadores. Ela ainda disse que vai transformar o episódio em aprendizado.

“Queria começar pedindo desculpas pra você de casa, já fiz isso nas minhas redes sociais, mas quero pedir por aqui também, como já fiz com a Dona Silene, que convidei pra vir aqui dividir uma receita de cocada maravilhosa. Pedi que a dona Silene servisse a cocada quando, na verdade, eu deveria servi-la. Eu errei, quero transformar esse episódio em aprendizado. Aproveito para agradecer ao meu colega Manoel Soares pelo cuidado com a dona Silene. É muito importante quando estamos num grupo diverso que inclui a todos”, afirmou Thalita.

Na última quarta-feira, Dona Silene se pronunciou sobre a situação através do Stories do Instagram. “Para quem não sabe, Talitha foi um instrumento para que eu pudesse ter a oportunidade de ser apresentada a vocês e sou muito grata por isso. Eu jamais poderia vir aqui incitar ódio a uma pessoa que, na minha concepção, não teve a intenção de reproduzir qualquer tipo de violência. Então, eu peço a todos que não a ataquem”, pediu a cozinheira.

Entenda:

A apresentadora Talitha Morete foi acusada pelos internautas de cometer racismo estrutural por conta de sua atitude com uma das convidadas do ‘É de Casa’. Durante o matutino, do último sábado, dia 11, uma cozinheira chamada Silene foi convidada para ensinar sua receita de cocada ao vivo. No final do programa, Talitha passou a bandeja repleta de cocadas para Silene e pediu que ela mesma servisse todos os outros convidados. “Silene, a dona da cocada, vai fazer as honras da casa e servir todo mundo. Por favor… pode oferecer que está todo mundo querendo sua cocada”, disse a apresentadora.

Ao presenciar a situação, o também apresentador Manoel Soares impediu, sutilmente, que Silene — a única mulher negra entre os nove presentes — fosse a pessoa que serviria os demais. “Vamos fazer o seguinte? Eu vou ser o garçom e você vai me orientar para quem servir, porque você não vai servir ninguém”, afirmou o apresentador ao pegar o prato das mãos de Silene. O assunto repercutiu nas redes sociais e vários internautas repudiaram a atitude de Thalita e teceram vários elogios a Manuel.

Edvaldo

Veneziano recebe apoios, participa de eventos de São João e se reúne com lideranças em Patos e Baraúna

Previous article

Movimento surge para lançar Raniery Paulino na chapa de João Azevêdo visando pacificar Republicanos e PP

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Polêmica