Polêmica

Elize Matsunaga diz em vídeo que acredita que marido a perdoou

0

Elize Matsunaga, condenada a 19 anos e 11 meses de prisão por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, deixou a prisão na tarde desta segunda (30) e em um vídeo publicado por seu advogado, Luciano Santoro, afirma acreditar que o marido a perdoou.

“Infelizmente não posso consertar o que se passou, o erro que cometi. Estou tendo uma segunda chance, infelizmente o Marcos não. Mas acredito na espiritualidade, que ele já tenha me perdoado e peço isso nas minhas orações”, disse Elize.

No vídeo, a mulher aparece feliz e diz que ainda não pode dar entrevista à imprensa. Elize afirma ao advogado que fará uma nova faculdade e que irá dar continuidade ao livro que começou a escrever na prisão e que dedicou à filha com Matsunaga. A menina, que está com 11 anos, vive sob a guarda dos avós paternos.

A mãe é impedida de contato com a menina que na época do crime tinha 1 ano e vem sinalizando que quer conhecer a criança. A família Matsunaga vem tentando destituí-la do poder familiar e retirar o seu nome da certidão de nascimento da garota.

Relembre o caso

O empresário herdeiro da indústria de alimentos Yoki Marcos Matsunaga foi morto com um tiro de pistola 380 efetuado por Elize no dia 19 de maio de 2012, no apartamento onde o casal morava com a filha de um ano, na zona oeste de São Paulo.

Após o tiro, Marcos teve o corpo esquartejado pela mulher em sete partes, que foram espalhadas em Cotia, na região metropolitana de São Paulo. Na época, ele tinha 42 anos e ela, 30.

Em junho de 2012, Elize foi presa preventivamente e condenada por júri popular, em dezembro 2016. O caso virou uma série na Netflix, lançada no ano passado.

 

Terra

Edvaldo

Apoio Nacional: Cabo Daciolo declara apoio a 3° via em Monteiro

Previous article

Ataque de abelhas deixa oito crianças e cinco adultos feridos em escola de Campina Grande

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Polêmica