Destaques

“Nenhum candidato será demonizado”, diz bispo Abner Ferreira

0

O bispo Abner Ferreira, líder da igreja mãe do Ministério de Madureira, a Assembleia de Deus Madureira, em Madureira, no Rio de Janeiro, concedeu entrevista ao Estadão, afirmando que “nenhum candidato será demonizado” pela denominação evangélica.

Considerado um dos líderes mais influentes do país, o bispo enfatizou que pastores não devem afirmar que este ou aquele partido é de Deus ou do diabo, pois ele descobriu que tanto Deus como o diabo estão em todos os partidos, em referência a  dos integrantes dos partidos brasileiros.

“Nenhum pastor tem direito de dizer ‘Esse é de Deus e esse é do diabo’. E eu descobri que Deus e o diabo estão em todos os partidos”, disse o bispo ao responder uma pergunta sobre um eventual apoio ao ex-juiz Sérgio Moro.

O Ministério de Madureira é a segunda maior convenção assembleiana do país, tendo declaro apoio ao presidente Jair Bolsonaro para o pleito de 2022. Porém, o bispo acredita que todos os candidatos devem ser respeitados.

Ao ser questionado sobre o encontro que seu pai, Manoel Ferreira, bispo primaz da Assembleia de Deus Madureira, teve com o ex-presidente Lula, esclareceu que foi apenas um encontro respeitoso com uma figura política que já ocupou a Presidência da República.

“Foi um encontro de um pastor que foi cumprimentar alguém que já foi presidente da República e com quem tivemos uma relação muito respeitosa. Eu tenho respeito pela história do Lula, não nego jamais”, disse.

Sobre a possibilidade de o ex-presidente vencer o pleito em 2022, o bispo Abner Ferreira esclareceu que o comportamento da Igreja será aquele descrito na Bíblia.

“A Bíblia nos ensina a orar por todas as autoridades constituídas Depois de proclamado o resultado, aquele que for eleito ou reeleito passará a ter o respeito e as orações da igreja”, disse.

Edvaldo

Lutava contra o câncer: professora monteirense morre em Campina Grande

Previous article

Lula e Gleisi citam Espanha como exemplo e falam em revogar reforma trabalhista

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques