Destaques

Pastor Silas Malafaia critica vacinação contra a Covid-19 em crianças: “Querem cometer infanticídio” – ASSISTA

0

O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), publicou um vídeo em suas redes sociais na última quinta-feira (23) criticando a liberação, por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da vacinação contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos.

O líder religioso disse que a vacinação nesse grupo etário pode causar um “infanticídio”, alegando que não são conhecidos ainda os efeitos e reações que os imunizantes podem causar às crianças.

“Vacina para crianças de 5, 6, 7 e 8 anos? Esses caras querem cometer infanticídio”, falou. Posteriormente, Malafaia criticou os técnicos da Anvisa que autorizaram a imunização a essa faixa etária.

“Se a ciência não sabe ainda as consequências que poderão advir para quem foi vacinado dos adultos […]. Em crianças? Se as sociedades de pediatria do mundo estão discutindo isso, quer dizer que os técnicos da Anvisa viraram cientistas? Sabem mais do que quem é médico e cientista que trabalham com crianças. Isso é uma loucura”, opinou.

Desde que foi autorizada pela Anvisa, no dia 16 de dezembro, a medida enfrenta resistência do governo federal, principalmente do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ministro da Saúde, paraibano Marcelo Queiroga. Mesmo autorizada, a vacinação nessa faixa etária deve ocorrer apenas em 2022, uma vez que a vacina para este público tem diferenças em relação à que está sendo aplicada nos adultos. O governo federal terá que comprar uma versão específica do produto com dosagens e frascos diferentes, apesar de o princípio ativo ser o mesmo.

Veja as críticas proferidas por Malafaia:

Edvaldo

Vidente prevê Brasil hexa, Lula eleito presidente e mudanças na grade da Globo – CONFIRA

Previous article

Prefeita Anna Lorena emite mensagem de Natal para todos os monteirenses

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques