Destaques

Heleno critica demora de vacina brasileira e diz que 2022 será “cruel”

0

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, afirmou que o Brasil tem uma perspectiva “cruel” para 2022 por não produzir uma vacina contra a Covid. Heleno fez a declaração nesta terça-feira (14/12), na formatura do Curso de Aperfeiçoamento e Inteligência, para agentes já em atividade na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

O áudio do discurso foi obtido pela coluna. Na fala, Heleno também afirmou que precisa tomar remédios psiquiátricos “na veia” diariamente para não levar Jair Bolsonaro a tomar “uma atitude mais drástica” contra o STF. O general disse ainda que está “muito preocupado” e rezará para que o presidente não sofra um atentado fatal em 2022.

“A guerra pela venda de vacinas é uma guerra suja, é uma guerra movida a muito dinheiro, como nunca houve no mundo tanto dinheiro disponível. Isso está sendo disputado palmo a palmo. Isso significa uma hegemonia mundial. E o Brasil está correndo atrás. Já comentou várias vezes que está produzindo a vacina, não sei o quê, mas está passando o tempo da pandemia e a vacina brasileira ainda não está disponível”, disse Heleno.

Edvaldo

87% dos brasileiros são contra as festas de Carnaval em 2022

Previous article

“Pregadora” afirma que adoração verdadeira somente na Igreja Católica

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques