Destaques

‘É para matar todo mundo’: mulher conta detalhes de triplo homicídio que vitimou netos e bisneto, em Itabaiana

0

A avó dos gêmeos, de 20 anos, e bisavó da criança de 1 ano e 5 meses, que foram assassinados na madrugada desta quarta-feira (8), contou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, como foi a ação.

De acordo com a senhora, os suspeitos chegaram durante a madrugada, arrombaram a casa e gritavam: “É para matar todo mundo”. A mulher, que estava em recuperação de uma cirurgia na perna, afirmou que não chegou a sair do quarto onde estava.

“Meus netos estavam dormindo, um no quarto e o outro na sala, em um colchão, a mãe da criança dormia com o bebê”. Além do bebê assassinado, outro, que também dormia com a mãe, sobreviveu e não ficou ferido.

A avó disse que os netos, que são residentes em João Pessoa, voltariam para a Capital entre esta quarta e quinta-feira (9). “Fazia oito dias que eles vieram trazer minha mudança”, disse. Ela também afirmou não ter conhecimento de que eles tenham passagem pela polícia. “usam maconha, mas não tem envolvimento”, alegou.

“Eles eram trabalhadores, um (o pai das crianças) sempre dizia que queria trabalhar para dar de comer aos filhos.

De acordo com o tenente William, ao chegar no local do crime, os primeiros a serem socorridos foram a criança e a mãe, eles foram levados pela viatura até o hospital local e de lá encaminhados para o Trauma. Já os dois jovens já estavam mortos.

“Há boatos que eles estavam envolvidos com atentados em João Pessoa, mas a polícia ainda irá investigar”, disse.

O delegado responsável pelo caso, Danilo Orengo, destacou que a polícia está adotando todas as medidas cabíveis para chegar à autoria deste triplo homicídio, em uma ação que levou ao falecimento de uma criança de apenas um ano de idade. “Peço a população que colabore com as investigações por meio do 197. Com certeza muito em breve teremos respostas”, disse.

Edvaldo

Policial militar reformado mata a esposa e se entrega em Muriaé

Previous article

Sociedade Brasileira de Dermatologia afirma que surto de lesões que provocam coceira é causado por mariposas

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Destaques