DestaquesPolítica

O Ex-presidente Lula foi aplaudido de pé, pelo parlamento europeu na Bélgica.

0

Dos quatro ex-presidentes que compareceram ontem à cerimônia de instalação da Comissão da Verdade, no Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva foi o mais aplaudido. Antes de cair no choro, a presidente Dilma Rousseff chegou a interromper as apresentações para engrossar a claque, gesto que não repetiu para os demais convidados, embora tenha citado até mesmo a contribuição do ex-presidente Fernando Collor em seu discurso.

Essa é a única Comissão da Verdade do mundo que surgiu de baixo para cima. Foi do povo para o povo, disse Lula, após a solenidade, com a voz em tom mais baixo do que o habitual por causa do tratamento para combater um câncer na laringe. Foi um passo estupendo que a sociedade brasileira deu hoje, na conquista da democracia.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, também elogiado no discurso de Dilma, devolveu o afago. Ela está tratando esse assunto como deve ser: uma questão de Estado, e não de política. Reconheceu que cada um fez um pedacinho, afirmou FHC. Nós enfrentamos um longo processo para chegar até aqui, no sentido de buscar a verdade e, ao mesmo tempo, de abrir as portas para uma reconciliação.

O cerimonial do Planalto temia vaias a Collor, que sofreu impeachment em 1992.

Edvaldo

Congresso vai analisar fundo para conter alta dos combustíveis

Previous article

Três ficam ficam feridos em acidente na BR-412 em Monteiro

Next article

Veja também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Destaques